Filósofa Desconectada
Último acesso: há 9 horas

Filósofa Assinar FanClub

  • 1873 Avaliações
11894 Seguidores 9692 Curtidas
Último acesso: há 9 horas
0:30
Vídeo

Ai, que vergonha… mas postei mesmo assim!😱😱😱

em 15/06/2024
3:20
Vídeo

Feliz Dia dos Namorados!

em 12/06/2024
3:20
Vídeo

Vinho tinto. Para hoje, escolhi vinho tinto parar nós. Combina com nossa carne quente, com você me olhando assim, arde…

em 05/06/2024
1:39
Vídeo

Técnica tântrica de sexo oral💋

em 30/05/2024
Filósofa

Filósofa

Desconectada

Sim: este é um vídeo de agradecimento. Nestes últimos anos, o site me trouxe um profundo sentimento de gratidão porque me permitiu trabalhar com aquilo que amo e estudo diariamente: a Psicanálise Sexual. Permitiu-me conhecer pessoas e seus desejos mais intrínsecos. Permitiu-me crescer pessoal e profissionalmente pois, quando estou on-line, não há espaço para tristeza; além de ajudar pessoas e trabalhar com esta paixão. A cada chat, uma nova conexão, uma nova missão de fazer alguém feliz. A cada mês, um desafio pessoal de oferecer melhores conteúdos e aprimoramentos na apresentação. A cada dia, um novo aprendizado, seja ele filosófico, sobre física quântica, cinema, música ou simplesmente coisas bobas e corriqueiras da vida. A cada minuto… mais gratidão. Ah: eu poderia escrever mais alguns longos parágrafos, mas seria redundante da minha parte (entendam meu exagero em estar grata). É um prazer inenarrável estar com vocês, caríssimos.

15/06/2023
Postar
kadu-jp
kadu-jp Parabéns pelo seu trabalho, gata.
03/01/2022
Filósofa
Kadu, eu estou com saudades de você... um homem gato, gentil e sexy! 27/01/2022
burigoto
burigoto Só gratidão! Conhecer pessoas como vc, eleva o tesão de viver. Feliz e saudavel 2022! Bjs
31/12/2021
Filósofa
Ma, você é iluminado demais! 28/01/2022
zefiro-55293
zefiro-55293 Sábias e sensíveis palavras, querida Filósofa. Você combina imagem e texto como ninguém. Eu também quero agradecer sua presença . Afinal, inteligência e beleza não se acha toda hora, é raro. Beijos carinhosos, com todos os votos de um incrível ano novo.
30/12/2021
Filósofa
Meu mais estimado escritor... te adoro um tanto! 28/01/2022
Ver todos os 17 comentários
Filósofa

Filósofa

Desconectada

A outra porta do prazer



“A outra porta do prazer,

porta a que se bate suavemente,

seu convite é um prazer ferido a fogo

e, com isso, muito mais prazer.

Amor não é completo se não sabe

coisas que só amor pode inventar.

Procura o estreito átrio do cubículo

aonde não chega a luz, e chega o ardor

de insofrida, mordente

fome de conhecimento pelo gozo”.

- Carlos Drummond de Andrade

há 5d
Postar
Filósofa

Filósofa

Desconectada
0:30
Vídeo

Ai, que vergonha… mas postei mesmo assim!😱😱😱

há 5d
Postar
Fusca_SP
Fusca_SP vergonha??? É maravilhoso ver vc assim.
há 2d
Filósofa

Filósofa

Desconectada
3:20
Vídeo

Feliz Dia dos Namorados!

há 9d
Postar
Fusca_SP
Fusca_SP Eu quero ver esse plug ao vivo.
há 7d
Filósofa
E verá! há 7d
Filósofa

Filósofa

Desconectada

16 DE ABRIL DE 2019 FICÇÃO, LITERATURA, ROMANCE, RUÍDO
Um trecho de romance de Carla Cunha [+18]

Seja como for, dali seguimos para o meu apartamento, não muito longe, e posso dizer que foi uma noite fora do comum. Sempre é fora do comum, é verdade, mas dessa vez a energia ultrapassou os limites do tesão. Posso contar a verdade? Gozei nove vezes. Sim, nove. Claro que isso é possível.

Logo depois de fechar a porta do apartamento, ele desabotoou-me o vestido encarando, tomou-me com certa voracidade, arrancando a calcinha e o sutiã sem nem ao menos observar a renda. Ainda no corredor, nos pegamos e, num empurrão, jogou-me de costas na parede, tipo lagartixa mesmo, senti a superfície fria sobre a pele, mas a excitação era tanta que nem deu tempo de reclamar. Jorge me passava a mão entre as coxas e apertava com força a boceta, enquanto enfiava a língua por todos orifícios do meu corpo. Também avançava por entre meus seios, abrindo a boca para abocanhar toda a anatomia. Entreguei-me por desespero, e ele dilacerava até as nossas entranhas. Orelha, umbigo, boceta, cuzinho, nenhuma parte do corpo permaneceu ilesa à saliva de Jorge. Beijava-me um beijo fúria, ora na boca, ora descia até a concha. Preciso dizer, Hay, nunca ninguém me chupou como ele, nem como naquele momento. Ah, não saberia dizer o motivo de tal excitação, tem dias em que estamos mais sensíveis, acho que foi isso, então tive meu primeiro orgasmo em pé ao lado de uma estante de livros que quase foi ao chão quando me apoiei para não ser levada pela imensa onda de tesão avançando sobre mim. Foi inacreditável aquela transa. Não sei você, mas eu sempre esmoreço depois do orgasmo, e uma sonolência me acomete de tal jeito que viro para o lado e durmo. Coisa de homem, eu sei, nisso minha personalidade masculina fala mais alto, jejejeje, mas não com Jorge, com ele a coisa não para, nunca, dali fomos para o quarto. Ele então me penetrou. Já contei que sou louca, ensandecida, doente pelo pau do Jorge?

Sei que o mundo, sobretudo a arquitetura, a arte, são tomadas por inúmeros falos. É um mar de paus por todos os lados, na Avenida 23 de Maio, em São Paulo, o grande falo é representado pelo Obelisco do Ibirapuera. Aliás, não apenas em parques podemos encontrar os falos, nos museus também são bem comuns, e isso no mundo inteiro, saca? A humanidade venera os paus, e eu venero o pau de Jorge. Tive meu segundo orgasmo quase sem esforço. Uma loucura. Depois eu subi nele, e aí, Hay, comprovei a verdade da vida, sim, ali eu gozei por inúmeras vezes sem saber quando iniciava um orgasmo e terminava outro. Uma sequencia ilógica que não consigo contar com detalhes, pois paira numa consciência outra, em outra camada de percepção, talvez paradoxal, paranoica, é isso, sim, vivi a paranoia com o Jorge. Nada terrível, mas intenso.

Digo isso porque foi mais forte do que o efeito de uma pílula de ecstasy que usei numa festa da faculdade faz lá seus nove anos, achei irado, mas nada comparado à sensação de ter um orgasmo junto a outro. Uma amiga me disse que não eram orgasmos, que foi um quase chegar lá e um relaxamento logo depois e, na sequência, uma nova excitação. Não sei, para mim foram vários orgasmos porque quando não aguentava mais, ele quis mudar a posição, fiquei de quatro e eu mesma tocava no meu clítoris e mexia, enquanto ele se enlouquecia nas minhas costas.

Não teve como, gozei mais uma vez. Você está contando, Hay, temos uns sete orgasmos dos bons, não é mesmo? (…)

há 9d
Postar
edu-40555
edu-40555 Meu sonho camaleoa !!! Te love 😎
há 9d
Carregar mais